Tuesday, October 03, 2006

PELOTÃO DA MODA

As minhas próprias histórias bem poderiam ilustrar a nova coluna do nosso blog: quando se trata de cometer um desatino fashion, estou entre as mais prendadas. Eu poderia começar contando do meu ex-ce-len-te casaco de pelúcia, que foi confundido com um cachorro morto, ou, remexendo entre as memórias de verões passados, do boné branco que poderia compor o uniforme de uma militante do MST. De boas intenções, você sabe, o inferno está cheio. Algumas vezes, é exatamente a ânsia de ser original que potencializa o desastre. Outras vezes, porém, o equívoco só pode ser atribuído a uma espécie de fadiga que atinge os circuitos cerebrais muito solicitados. Se se vestir de modo adequado é uma obrigação diária, ela se torna mais e mais insuportável, até que, numa manhã fatídica, você simplesmente não consegue evitar a sandália que estava escondida no fundo do armário. Acho que essa psicologia também explica de modo razoável nossos abrigos velhos nos fins-de-semana. Mas ela é absolutamente inadequada para dar conta da satisfação que nos toma quando, a despeito de nossos próprios telhados de vidro, encontramos a vítima perfeita para nossos comentários sarcásticos. Nessa hora, todos nos revelamos argutos personal stylists. Amanhã ou depois, pode ser você no paredão.

4 comments:

deni said...

Hahahahha...teu casaco foi confundido com um cachorro morto? Que quadro!Ah, mas não esquenta, eu já tive meus momentos 'vítima da moda' também...Que atire a primeira pedra quem nunca vestiu uma calça de moleton furada ou uma camiseta manchada no fim-de-semana!!!

Victor said...

Tá bom tá bom, acaba com os prolegômenos e com os rompantes de modéstia: começa logo a descer o sarrafo na cafonice alheia!

deni said...

Amendokrem...

Sosseguem, aposto que tu não chegaste a ser chacotada em pleno centro da cidade. Uma vez saí bela e fagueira com uma calça verde clara e uma blusinha, assim quase no mesmo tom. Vinha atravessando a rua Siqueira Campos, quando um desgraçado gritou pela janela do ônibus: e aí "pé de alface"...Não preciso dizer que fui correndo para casa me livrar do traje...O pior é que "eu sei o que eu fiz para merecer isto!"

deni said...

Esse boneco sendo metralhado é muito engraçado...eu não consigo abrir a página sem dar uma olhadinha pra ele...