Monday, October 09, 2006

Starring...



...Hugh, como Hugh.

Hugh, o criminalista, é malvadinho, e talvez seja só isso o que você precise saber. Mas como você não está lendo isso para saber alguma coisa, vamos ao que interessa: detalhes sórdidos e chocantes. Mameluco descendente de uma longa linhagem de cobradores de ônibus, Hugh ressente-se da elite burocrática com quem trabalha, todos odiosos membros das classes mais abastadas que, por anos, oprimiram seus antepassados. Inescrupuloso escalador social, Hugh está de olho na fortuna que as filhas adotivas de Vicky, Pipe e Popy, receberam em testamento de seus pais falecidos. Por isso as adula e bajula, mas sordidamente planeja tornar-se o tutor das ingênuas meninas, conseguindo colocar as mãos no patrimônio milionário. Como Plano B de fortuna, Hugh participa de um experimento científico experimental: o Projeto Super-Criminal Persecuter, cujo objetivo é criar uma máquina burocrática viva de alta tecnologia - o experimento experimental consiste em conectar a seu cérebro fios condutores de informações jurídicas, que são transferidas à velocidade da luz para a sua mente, expulsando qualquer outra forma de pensamento ou interesse. A única coisa que o comove e preocupa é Freddy, seu irmão, um pobre menino epilético portador de uma rara doença, que o fez ficar banguela e progressivamente perder seus dentes. Para piorar a situação, Freddy também foi vítima de um acidente causado por sua mãe, no qual foi tragicamente castrado. Como vocês sabem, Hugh é malvadinho, e portanto todos seus projetos de fortuna destinam-se a aumentar seu poder a fim de derrotar seus arquiinimigos do "Comitê para uma Sociedade Politicamente Correta, Limpinha, Cheirozinha e Boazinha". Quando não está planejando suas malvadezas, Hugh é um típico nerd que adora perder seu tempo lendo gibis e jogando Playstation para libertar escravas das mãos dos odiosos imperadores Romanos.

5 comments:

vivi said...

Ah é?! bom saber disso!

vivi said...

By the way, welcome on board!

hugh said...

E já vou avisando, face ao vácuo do experimento experimental Super-Criminal Persecuter, meu cérebro se esvaziou de quase todas as coisas, exceto de quem eu sou mesmo: malvadinho. Portanto, não esperem muita piedade de mim nesse blog. (tá, eu já vou botar minúsculas no meu nome).

deni said...

Bem vindo, Hugh!!!
Devo dizer que você está se saindo muito bem como o "dark side" do nosso blog - que de bonzinho não tem nada!
Fique à vontade...a casa é sua!!!

deni said...

A propósito:
"Ai, que medaaaaaaaaaaaa!!!!" Hehehehhehe