Saturday, August 01, 2009

Olhar pra trás

Hoje, de repente, senti vontade de reler os primeiros posts deste blog. Ele nem é tão longo assim, não demorei muito tempo pra fazer isso. Sem nenhum esforço, aliás, mergulhei naquilo que descobri ser um relato de uma fase muito especial de nossas vidas. Senti enorme ternura pelas pessoas que éramos há alguns anos e me dei conta de que todos nós somos hoje, a um só tempo, iguais e muito diferentes do que éramos. Nossa convivência que, de acordo com minhas contas, dura já cerca de quatro anos, foi dando frutos nas influências que exercemos uns sobre os outros. Quem diria que a garota Deni iria se transformar numa das mais engajadas ecologistas? Quem ousaria prever que Amendokren viria a ser uma diligente estudante da língua inglesa? E o que dizer daquele que num post era considerado apenas o amigo sul-africano e, pouco tempo depois, viria a se tornar o marido de nossa caçula?
Relendo as confidências da Deni, capturando a presença mais tímida da Karen e as histórias mirabolantes do Victor, eu tive certeza duma coisa. Talvez este blog não dure muito mais, porque, enfim, as prioridades em nossa vida estão sempre se modificando. Não tenho dúvida, porém, de que, se quisermos entender um pouquinho melhor aquilo que vivemos hoje, basta voltar os olhos pra trás. Cada uma das palavras que escolhemos publicar aqui constitui uma pista preciosa para refazer partes de nossas jornadas. E mesmo que, em vários momentos, não saibamos lá muito bem aonde estamos indo, podemos reconhecer que, no esforço de conferir significado a nossa vida, nenhum de nós esteve sozinho.

Dedico este post à amizade que está muito além deste blog.

4 comments:

Nessita! said...

Ai, que post emocionante, Vivi! Cheguei a encher os olhos de lágrimas (ando tão boba ultimamente, acho que é a chegada dos 30). E o mais legal é saber que também sou parte desse blog :D

bjus a todos!

deni said...

Chuif! Pootz, também me emocionei e fiquei com vontade de refazer essa 'viagem no tempo'...aliás, acho que é importante e necessário olhar no retrovisor de vez em quando...dá uma nova perspectiva...e uma baita saudade! hehehe
O bom é que mesmo que o blog não vá adiante, nós iremos...e juntas!
Beijinhos pra todas(os), inclusive você Nessita!! Saudades...

skinkarenol said...

É isso aí! Pra mim ficou uma certeza: não vim parar aqui por acaso. Ainda ontem estava conversando a respeito disso com o Nando. Estava dizendo a ele que a passagem de vocês na minha vida me enriqueceu muito e me fez entender o poder que nós mulheres podemos transmitir umas as outras. É um privilégio chegar até aqui podendo ouvir um elogio sincero de uma amiga, de ter a certeza de que pelo menos uma, duas ou três amigas desejam o teu bem e, melhor que isso, é ter a oportunidade de colocar em prática o mesmo sentimento acolhedor.

Vivi said...

Nessita, bem-vinda outra vez a esta casa!

***

Gurias, que orgulho tenho de nossa amizade!