Wednesday, February 14, 2007

CHINELAGEM: Cult Movie pro povão

Se você gosta de assistir ao programa do Paulão, aquele que bate com o chinelo na mesa daquele cenário de quinta categoria e é mais conhecido pelo bordão "Mentiu pro tio, contô prô vô, a casa caiu, a cobra fumô!"...não perca Torrente - el brazo tonto de la ley.

Com certeza esse é o personagem mais asqueroso e ao mesmo tempo engraçado do cinema espanhol.

Trash é rótulo de luxo para um filme que eu definiria como pé-de-chinelo, mesmo. Mas é absolutamente imperdível.

O elenco é de primeira. Chegaria a pensar que era um filme do Almodóvar, não fosse pela pouca importância dada aos personagens femininos.

José Luis Torrente usa camisas com os botões desabotoados a mostrar o peito viril, bebe e come como um porco, tem a unha do mindinho crescida, é amante do seu clube de futebol e costuma andar armado, já que se entitula da Polícia.
Explora a deficiência do velho pai para receber uma pensão. E como se não bastasse ainda coloca o velho à porta do metrô para faturar mais uns trocos.
Torrente é um dos maiores anti-heróis do cinema ibérico e, como se não bastasse representar esta aberração da natureza, Torrentes (Santiago Segura) anda acompanhado do melhor casting de freaks do cinema: Rafi, um adolescente com problemas de visão que é fanático pelos filmes de ação e cuja a mãe é peixeira, a irmã mongoloíde e a prima ninfomaníaca, um informante zarolho, e um grupo de adolescentes (um hacker, um perito de artes marciais e um fã do 007).

Ahora que pensabas que el cine español empezaba a mejorar...

2 comments:

amendokrem said...

Coisa horrorosa, vou correndo indicar pro meu pai!

vivi said...

Eu adoro as dicas cinematográficas da Deni... qui qui qui.